weekends

26 Abr
Ora bem, a pedido de várias famílias (por acaso até foi só uma, mas adiante), cá estou eu de novo.

Nope, desta vez não venho falar de polvos nem de Páscoas. Vim apenas deixar um resumo do fim de semana. Ora bem, cá está ele:

Sábado: brincos, correntes, contas
Domingo: primos, cavalos, estúdio fotográfico.
Chega? Não… damn, lá terá de ser…
Sábado

Prontos, rendi-me. Se toda a gente é prendada, porque é que eu também não hei-de ser?! (Vamos esquecer por um momento o facto de a minha falta de habilidade nas artes manuais estar claramente documentada… certo, M?)

Pois bem, lá fui eu toda confiante inscrever-me num workshop de bijuteria: afinal, esta é a conhecida solução para a esquisitice, certo?

Bom, depois de hora e meia de curso, fiquei esclarecida: as professoras têm o gosto estragado; afinal quem é que se lembra de misturar correntes douradas com contas pretas e rosa-vivo?

Safou-se a minha primeira tentativa de brincos

(Podia ter ficado pior, admitam! Amanhã tiro outra foto. :P)

Agora fico à espera das lições grátis e da ida às compras prometidas. Ao menos aí tenho a certeza que não me vão recomendar correntes douradas. 😛
Domingo
E depois desta excitação toda que foi o workshop (not), nada como uma visita às origens. Não as minhas, mas a intenção é que conta.

Então vamos lá até à Golegã. Famosa por ser a terra dos cavalos, para mim será para sempre conhecida como “a terra onde toda a gente é teu primo/prima”. A sério, uma pessoa não pode dar um passo na rua sem nos apontarem mais um familiar em 2964675 grau.

Vá lá, não estou a ser justa. A vila está lindíssima, toda arranjada, pintada e decorada à maneira tradicional. Vale mesmo a pena visitar, nem que seja para ver só a Casa-Museu Carlos Relvas. Há doidos para tudo, é certo, mas acho que ninguém consegue superar este fotógrafo-toureiro-inventor-conde que mandou construir um chalet lindíssimo (e enorme) para usar apenas como estúdio fotográfico.

Lindo, lindo, lindo: o chão, os tectos, a escada em caracol, o solário… não há palavras que descrevam. Vejam aqui e depois digam se não tenho razão…

E prontos! Foi assim o meu fim de semana.

A jeito de despedida, uma das imagens caricatas da Golegã: ao contrário das outras aldeias e vilas, onde os homens se reúnem no café/tasca para ver o futebol, aqui reunem-se todos com o seu bagacito a ver… touradas. 😛
Anúncios

10 Respostas to “weekends”

  1. Witchie Abril 26, 2006 às 10:30 pm #

    Lol! Vá, vá, não sejas injusta com as tuas capacidades! Afinal até fazes coelhos, cozes flores e cortas viraventos! (esqueci-me de alguma coisa?…) O facto de perderes a agulha e ensarilhares a linha é secundário!

    Os brincos ficaram muito bonitos! Agora quero ver mais ;p

  2. syrin Abril 27, 2006 às 6:21 am #

    Desisti das flores, lembraste? Fiquei-me pelos recortes! 😛

  3. Merlin Abril 27, 2006 às 6:52 am #

    Ora, sobre mulheres e trabalhos manuais… huh… (pronto, mago, contém-te, porta-te bem) 🙂 Mas acho mt bem, bijuteria e tal, isso até dá dinheiro, dinheiro dá pra comprar coisinhas boas, banda desenhada e séries de tv incluídas, logo, “é bem”, investe!

    Quanto ao resto, excelente passeio, nada a apontar, fizeste tu muito bem. Único reparo pessoal: odeio touradas, excepto quando o touro consegue apanhar um a jeito e lhe dá cabo do canastro. Tenho dito.

  4. syrin Abril 27, 2006 às 9:14 am #

    Eu n disse que gostava de touradas. Aliás, detesto.
    Mas achei piada à concentração dos homens a ver aquilo 😛

  5. Witchie Abril 27, 2006 às 12:33 pm #

    Bem, claro que eu queria dizer “coses” e não “cozes”… :S

  6. syrin Abril 27, 2006 às 12:35 pm #

    aviso: a witchie e a syrin estão proibidas de escrever comments às tantas da manhã, para evitar pontapés na língua portuguesa.

  7. Witchie Abril 27, 2006 às 12:35 pm #

    LOL! Boa, boa!! Onde é que eu açino? :p

  8. syrin Abril 27, 2006 às 12:37 pm #

    ROTFL
    E pelus vistox a witchie esta pruibida de excrever seja a que hora do dia fôr

  9. fantasma Abril 27, 2006 às 2:20 pm #

    Vosses estam lindas, estam….. Onde já se vio tanto erro na noça lingua????? ;op

    De resto, os brincos não estão nada maus, e fazes bem mais que eu!

  10. PA Abril 28, 2006 às 9:06 am #

    Reconheço esse ‘belo’ gosto de correntes. No sítio onde compro contas de vidro para montar os meus fios também passam a vida a tentarem-me impingir essas belezas (em fio, bolas e etc).
    Quanto ao post achámos pouco, muito pouco. Queremos notícias frecas todos os dias!
    E como não conhecia ‘a casa do Relvas’ apesar de ‘conhecer’ o fotógrafo, fiquei cheia de vontade de ir à Golegã…
    😛

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: